Benjamin Maranhão não acredita em palanque duplo para Dilma na Paraíba

O ex-deputado federal Benjamin Maranhão, presidente municipal do PMDB de João Pessoa, afirmou hoje não acreditar que o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, tenha admitido a vinda da presidenciável Dilma Rousseff para dois palanques na Paraíba, prestigiando tanto José Maranhão (PMDB) quanto Ricardo  Coutinho (PSB). Segundo ele, o PMDB teve ser o único aliado do PT porque teria defendido Dilma desde o início de sua pré-candidatura:

– Nós estamos com Dilma Rousseff desde que ela tinha 3% nas pesquisas. Não acredito em palanque duplo. O nosso adversário é refém de Cássio Cunha Lima e Efraim Morais, que apóiam José Serra. O PMDB não tem duas conversas. Nós vamos votar em Dilma, ao contrário de nosso adversário que quer acender uma vela para Deus e outra para o Diabo.

Cícero – O presidente do PMDB da capital comentou o apoio anunciado ao governador José Maranhão pelos vereadores Hervázio Bezerra, Luiz Flávio e Marcos Vinícius, todos ligados ao senador Cícero Lucena e disse ser natural a movimentação dos "ciceristas" no sentido da pré-candidatura do PMDB ao Governo. Segundo ele, a reação dos amigos de Cícero é "natural" diante da "fritura" que a candidatura do PSDB sofreu. Ele acrescentou que o senador não poderá externar a mesma posição política porque "tem limitações" de ordem partidária.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.