Bando leva documentos e eletrônicos da sede do PDT paulista

A sede do PDT (Partido Democrático Trabalhista) em São Paulo foi assaltada na madrugada deste domingo (28).

Por volta das 3h, cinco homens renderam o porteiro que trabalhava no local, segundo boletim de ocorrência registrado 45 minutos depois na 36ª Delegacia de Polícia.

O funcionário, de 23 anos, teria sido obrigado a deitar no chão e entregar a chave do diretório. Assim foi aberta a porta de entrada. Outras foram arrombadas pelo bando, que levou eletrônicos e documentos da legenda.

No boletim, segundo a Secretaria de Segurança Pública, registrou-se a seguinte perda: três laptops, quatro impressoras, quatro computadores, dois videocassetes, dois televisores, vários talões de cheque e documentos do partido.

A casa de paredes azul, vermelha e branca –as cores do partido– fica na rua Baltazar Lisboa, na Vila Mariana (zona sul da cidade). O local já passou por perícia.

 

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.