Aulas começam segunda para mais de 9 mil alunos

As aulas do Semestre 2009.2 começam nesta segunda-feira (3) no Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) para mais de 9 mil alunos matriculados em 12 cursos de graduação. O campus da instituição foi preparado para receber os “feras” aprovados no Vestibular e os alunos veteranos.

Segundo o reitor, professor José Loureiro Lopes, o Unipê já tem quase quatro décadas de um compromisso firmado com a sociedade paraibana. “A qualidade do ensino, o respeito ao meio ambiente, a inovação e a responsabilidade social são alguns dos diferenciais do Unipê”, afirmou.

O Unipê oferece 12 cursos de graduação em Direito, Odontologia, Administração, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Contábeis, Educação Física, Psicologia, Ciências da Computação, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Enfermagem e Design de Moda.

O campus do Unipê ocupa uma área de 30 hectares e foi preparado para receber os seus alunos. As salas de aula foram pintadas nas férias e as árvores podadas, já que dentro do campus universitário, existem mais de mil árvores de várias espécies, como ipês e pau-brasil.

Prevenção contra gripe A

O Unipê adotará ações preventivas contra gripe A na volta às aulas. O Posto de Primeiros Socorros da Instituição, que fica no Bloco F, em frente à Clínica-Escola de Psicologia, estará funcionando nos três turnos (manhã, tarde e noite) e poderá prestar atendimento se surgirem casos suspeitos. Mais informações sobre a nova gripe e orientações aos alunos e à comunidade em geral já estão disponíveis no Portal Unipê (www.unipe.br).

Todos os professores serão orientados a informar à Comissão do Unipê – formada pela Pró-Reitoria de Graduação, curso de Enfermagem e Assessoria de Comunicação – se forem detectados em sala de aula pelo menos três alunos com sintomas de gripe comum (febre, tosse, dor de garganta, coriza, dor no corpo), num intervalo de até cinco dias de um para o outro. A orientação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) é que se a pessoa apresentar febre repentina acompanhada de tosse ou dor de garganta deve procurar um posto médico ou a unidade de saúde mais próxima. “O Unipê está adotando uma série de ações preventivas e estará atento”, afirmou o reitor José Loureiro Lopes.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.