Áudio comprova que Maranhão defendeu a federalização da UEPB

Ontem governador José Maranhão (PMDB) negou que tenha defendido a proposta de federalização da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), episódio que ele mesmo classificou de "uma mentira deslavada" criada pela oposição. O "desmentido" do governador foi feito durante uma entrevista concedida à TV Cabo Branco no final da manhã de ontem. Apesar da negativa, uma gravação feita da participação dele no dia 24 de agosto em um debate da Associação Comercial de Campina Grande prova que a tese foi realmente lançada por Maranhão.

Textualmente, ele diz: "Eu penso, é uma ideia que eu quero, depois, não nessa fase de campanha política, porque os adversários vão dizer que não presta, mas é uma coisa que eu quero depois discutir com a comunidade acadêmica, é a possibilidade de federalização da UEPB, que aliás deveria ter acontecido há mais tempo. Ela tá custando hoje perto de R$ 180 milhões, mas a responsabilidade do ensino de terceiro grau, de acordo com a Constituição, é da União. Eu acho inteiramente viável se a comunidade acadêmica e a população concordar, fazer a federalização porque vamos dar mais força e mais recursos à univerdade".

Questionado ontem no JPB 1 edição sobre sua intenção de federalizar a UEPB, José Maranhão acusou a informação de ser uma mentira deslavada inventada por seus adversários. “Eu nunca disse que iria propor a federalização da UEPB, mas que esse debate só a universidade poderá fazer e nós enquanto governantes vamos participar desse debate e discutir com a comunidade universitária e a sociedade”. Ele ainda disse foi o governador que mais investiu na universidade num total de R$ 60 milhões para novas ações e R$ 32 milhões a mais no orçamento.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.