Audiência vai discutir revisão tarifária da Energisa prevista para agosto

Será realizada nesta quinta-feira, 15, às 8h, na sede da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), audiência pública para discutir a revisão tarifária da energia elétrica proposta pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), prevista para entrar em vigor a partir do dia 28 de agosto deste ano. Na sessão ordinária desta quarta-feira da Assembléia Legislativa da Paraíba, o deputado Rodrigo Soares solicitou que seja realizada uma sessão especial com o objetivo de se analisar a revisão.

Segundo o deputado Rodrigo, a questão precisa ser discutida com a sociedade paraibana porque as tarifas praticadas pela Energisa tem sido objeto de muitas críticas e queixas da sociedade civil. Os municípios, por sua vez, se prejudicaram em suas arrecadações e sentiram os reflexos no comércio e na indústria.

A Aneel, como prevê a Lei nº 8.987/1995, propôs uma redução de 12,31% para 1.024.268 consumidores residenciais dos 216 municípios paraibanos atendidos pela Energisa. Esta é a segunda revisão tarifária periódica da distribuidora, aprovada no dia 02 de junho de 2009. No caso das indústrias, pode haver aumento de 0,34% até 2,02%, variando de acordo com o consumo.

"Nós temos que participar da discussão sobre a revisão tarifária e formular nossas propostas, já que o prazo para apresentação de sugestões de redução da Paraíba acaba dia 28 de agosto. É o Estado que vai sofrer as consequências de uma revisão e precisamos participar ativamente desse processo. Espero que o pedido de sessão especial seja aprovado pela Casa”, disse Rodrigo.

O parlamentar lembrou que o último reajuste aplicado à tarifa da energia elétrica pela concessionária foi de 15,77% da conta de luz residencial e 14,77% nas contas de energia para estabelecimentos industriais, o que gerou muitas críticas e prejudicou grande parcela da população. 

A Asplan fica localizada na Rua Rodrigues de Aquino, 267, no Centro de João Pessoa.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.