Ator e professor de teatro é morto a facadas no Centro Histórico de João Pessoa

O ator e professor de teatro, Simão Cunha, foi assassinado no Centro Histórico de João Pessoa na madrugada deste domingo (6). As primeiras informações são de que ele tinha participado da inauguração de um bar na região e, na saída, foi assaltado a morto a facadas.

Amigos e conhecidos lamentaram nas redes sociais a morte do artista que atuava na Mororó Companhia de Teatro.

O autor do crime ainda não foi identificado e detido. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Uma amiga publicou no Facebook a seguinte mensagem. “O meu querido! que dor intensa!!! mas gostaria de dizer que sua passagem na terra foi linda Simão Cunha…. que Nossa Senhora te pegue no colo quando chegares no céu! (sic)”

Dib Carneiro Neto declarou: “PESAR DOS PESARES. Conheci SIMÃO CUNHA na Cia do Abração, em Curitiba, depois o reencontrei no ano passado no Fenatifs, em Feira de Santana (BA). Um doce, um encanto, uma alegria, uma inteligência linda, uma abertura contagiante para a vida, sem medo de ser feliz. Um talento de ator, autor, diretor, produtor – apaixonado, como eu, por teatro infantil.”

Tempos atrás, o ator falou sobre o monólogo que desenvolveu, ‘Mororó e a Vaquinha”, em entrevista à TV Irararé, de Campina Grande. Veja no topo da matéria.

A  Fundação Cultural de João Pessoa emitiu uma nota de pesar pela morte de Simão:

NOTA DE PESAR

Neste momento de perda para todos nós paraibanos, A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) se solidariza com os parentes, amigos, companheiros de profissão e admiradores do professor de teatro e ator Simão Cunha. Apaixonado pela arte de representar, Simão sempre teve como foco encenações de peças teatrais para crianças e jovens. Um dos seus trabalhos mais recentes foi no ANIMACENTRO, projeto da Prefeitura de João Pessoa. É mais uma grande perda para a vida cultural da nossa cidade e do nosso Estado.

FUNDAÇÃO CULTURAL DE JOÃO PESSOA

O Teatro Municipal Severino Cabral, de Campina Grande, também emitiu seu pesar pelo assassinato de Simão.

 

Ator e professor de teatro é morto a facadas no Centro Histórico de João Pessoa

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.