Associação cobra database e perdas salariais no Ministério Público

A Associação dos Servidores do Ministério Público publicou uma nota nos jornais de hoje cobrando a estipulação de uma database para a categoria e reclamando de perdas salariais de cerca de 20%, além do que chamou de "demora infindável" na implementação de seu Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), que começou a ser elaborado em 2010 por determinação do Conselho Nacional do Ministério Público. O texto ainda cita que há desestímulo e falta de motivação entre os servidores e chama a atenção da Administração Superior do Ministério Público para essa situação.
 
Confira a nota na íntegra:
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.