Assembleia suspende sessões presenciais após Cabo Gilberto entrar na Casa sem estar vacinado

Por 20 votos contra 2, a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) suspendeu a realização das sessões presenciais . A suspensão acontece após questão de ordem apresentada pelo deputado Hervázio Bezerra, contrário a presença do deputado Cabo Gilberto no plenário sem ser vacinado.

“Já foram dadas todas as chances, todas as alternativas ao deputado Cabo Gilberto. Temos que respeitar as leis, os servidores da Assembleia, temos que respeitar o parlamento”, disse o deputado Hervázio Bezerra, que participava dos trabalhos de forma online.

A decisão acontece um dia após a Assembleia iniciar sessões híbridas, com a participação de parlamentares de forma presencial e online nas sessões.

Mais uma vez o deputado Cabo Gilberto teve acesso ao Legislativo sem ter tomado nenhuma dose da vacina contra o coronavírus, contrariando Resolução aprovada na Assembleia que determina a entrada apenas de pessoas vacinadas.

Foram quatro abstenções.

Cabo Gilberto disse que não estava descumprindo a Resolução e que comprovou, com apresentação de teste, que não estava com a Covid-19. Ele disse que estava sendo discriminado.

“Estou sendo discriminado, humilhado e atacado”, afirmou.

 

1 comentário

  • ANTONIO FERREIRA LIMA NETO
    12:16

    É uma decisão que favorece o INFRATOR quando na verdade, a Mesa Diretora, a partir de seu Presidente, o deputado Adriano Galdino (PSB) deveria fazer cumprir a Resolução votada e aprovada pelos/as Deputados/as na semana passada, que determina que servidores e parlamentares da ALPB só podem frequentar as dependências do órgão depois de estarem devidamente vacinados com as DUAS doses contra a Covid-19.
    Quando a ALPB toma esta decisão ABSURDA, favorece o deputado bolsonarista Cabo Gilberto, que está zombando do Poder Legislativo e do povo paraibano como um todo. Lamentável tal decisão da ALPB!!!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.