Assembleia suspende e cria comissão para normatizar verba social

Por decisão dos 36 deputados estaduais, e acatada prontamente pela mesa-diretora, a Assembléia Legislativa suspendeu a concessão da verba de assistência social. Reunidos na manhã desta terça-feira (12/05), os parlamentares decidiram pela formação de uma comissão que normatizará em detalhes o uso dessa verba. A reunião foi convocada pelo presidente da ALPB, deputado Arthur Cunha Lima (PSDB), na semana passada.

No encontro, que ocorreu às portas fechadas, foram tratados diversos temas administrativos da Casa. Apenas dois deputados não puderam comparecer.  Aguinaldo Ribeiro (PP) se encontra realizando exames médicos em São Paulo. Ricardo Marcelo (PSDB) está também fora do Estado cuidado de assuntos particulares.

A comissão definida no encontro é formada pelos deputados estaduais Lindolfo Pires (DEM), Leonardo Gadelha (PSB), Carlos Batinga (PSB), Arnaldo Monteiro (DEM), Trócolli Júnior (PMDB), Socorro Marques (PPS), Zenóbio Toscano (PSDB) e Manoel Ludgério (PDT).  Também fará parte dessa comissão o secretário da mesa-diretora, Waldir Porfírio.

Todas as decisões da reunião foram aprovadas pelos presentes. Apenas em casos excepcionais de saúde, diante de comprovada gravidade da situação, a Assembléia Legislativa autorizará a   utilização da verba.

A reunião foi presidida pelo deputado Arthur Cunha Lima, que detalhou aos deputados toda a legislação vigente sobre o tema. Ele disse que foi necessária a realização do encontro de forma mais reservada, para que os próprios deputados pudessem debater no colegiado de forma mais aberta sua linha de pensamento sobre os temas administrativos.
 

Comentários