Assembleia Legislativa realiza sessão em homenagem às mulheres

 A Assembleia Legislativa da Paraíba realiza na próxima quarta-feira, dia 16, às 11 horas, Sessão Especial proposta pela deputada Daniella Ribeiro, em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres. A propositura foi aprovada por unanimidade.

 
Deverão comparecer à sessão representantes da sociedade civil, cujas mulheres serão homenageadas pelo Poder Legislativo paraibano. Mulheres de vários Municípios do Estado estão convidadas para se fazer presente à homenagem do Poder Legislativo paraibano.
 
Daniella destaca que na Assembleia ainda “somos poucas, com relação ao número de deputados. A bancada feminina é constituída por Eva Gouveia, Francisca Motta, Gilma Germano, Léa Toscano, Olenka Maranhão e Daniella Ribeiro. Porém, vamos conquistando nossos espaços e outras vitórias”. No total são 36 deputados com assento na Casa Epitácio Pessoa, sendo apenas seis mulheres parlamentares. Daniella também deseja homenagear as suas colegas de Parlamento que representam a população paraibana.
 
O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, está intimamente ligado aos movimentos que buscavam mais dignidade para as mulheres e sociedades mais justas e igualitárias. É a partir da Revolução Industrial, em 1789, que essas reivindicações tomam maior vulto com a exigência de melhores condições de trabalho, acesso à cultura e igualdade entre os sexos. As operárias dessa época eram submetidas a um sistema desumano de trabalho, com jornadas de 12 horas diárias, espancamentos e ameaças sexuais.
 
Dentro deste contexto, 129 tecelãs da fábrica de tecidos Cotton, de Nova Iorque, nos Estados Unidos, decidiram paralisar os seus trabalhos, reivindicando o direito à jornada de 10 horas. Era 8 de março de 1857, data da primeira greve norte-americana conduzida somente por mulheres. A polícia reprimiu violentamente a manifestação fazendo com que as operárias refugiassem-se dentro da fábrica. Os donos da empresa, junto com os policiais, trancaram-nas no local e atearam fogo, matando carbonizadas todas as tecelãs.
 
Em 1910, durante a segunda Conferência Internacional de Mulheres, realizada na Dinamarca, foi proposto que 8 de março fosse declarado Dia Internacional da Mulher em homenagem às operárias de Nova Iorque. A partir de então esta data começou a ser comemorada no mundo inteiro como homenagem as mulheres.
 
O dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nessa data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.