Assassino de adolescente de 16 anos já a havia ameaçado por “ciúmes”

Uma adolescente de 16 anos foi assassinada com dois tiros de revólver na cabeça madrugada desta terça-feira, 29, no bairro da Mangueira, em Pedras de Fogo, na Paraíba. O principal suspeito do crime era o namorado com quem a vítima convivia havia dois anos que foi preso.

O suspeito, segundo o delegado Marcos Paulo, tem relação com o tráfico de drogas e teria demonstrado comportamento agressivo com a jovem nos últimos dois meses. Alegando ciúmes, ele agredia fisicamente a companheira e a avó dela e chegou a ameaçar ambas de morte.

No último dia 23 de dezembro, em um episódio de ciúmes, o suspeito intimidou a companheira a confessar que estava tendo um caso com outro homem. Ela negou e foi defendida pela mãe do companheiro, que também foi ameaçada por ele.

Depois disso, a jovem terminou o relacionamento.

Na madrugada de hoje, a moça estava em uma festa quando o namorado a viu dançando. Ele deixou o local, pegou o revólver e assassinou a adolescente no local, fugindo em seguida.

O delegado Marcos Paulo Sales solicitou um mandado de prisão preventiva para o suspeito. A Polícia Civil segue em diligências para localizar e prender o homem .

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.