Arthur só fala sobre ação de Maranhão depois de citado

O presidente da Assembleia Legislativa, Arthur Cunha Lima (PSDB), não foi encontrado hoje de manhã para comentar a ação impetrada no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo governador da Paraíba contra a verba social do legislativo. A coordenação de Comunicação informou que Arthur só se pronunciará sobre o assunto quando for judicialmente citado.

Parte da alegação de Arthur se centrará no fato de que o benefício não foi criado em sua gestão e que ele já existia na primeira gestão de José Maranhão. A assessoria jurídica da Assembleia vai encaminhar um conjunto de documentos que provem a existência da verba social antes da gestão de Arthur e elencar argumentos para sustentar sua legalidade.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.