Arthur é escolhido novo conselheiro do TCE por 22 votos contra 14

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Arthur Cunha Lima (PSDB), deixará o cargo para assumir a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A votação secreta terminou por volta das 16 horas de hoje e teve como saldo 22 votos para o tucano contra 14 do peemedebista Trocolli Júnior. A vaga que será ocupada por Arthur foi deixada pela aposentadoria de José Mariz.

A contagem dos votos foi feita pelos deputados Romero Rodrigues, Ruy Carneiro, Gervásio Filho e Dr. Verissinho.

A eleição foi realizada em sessão extraordinária, que contou com a presença de todos os 36 deputados já na primeira chamada.  Após a votação, o presidente Arthur Cunha Lima cumprimentou o colega Trocolli Junior. “Já esperávamos vencer o pleito porque eu tive a garantia da unidade da nossa bancada, que é maioria na Casa. A surpresa foi receber votos da bancada de oposição”, declarou.

O presidente Arthur Cunha Lima declarou também que a partir de agora deixa a política para ser um técnico do Tribunal de Contas. “Vou pedir a minha desfiliação do PSDB, um dos pré-requisitos para assumir o cargo de conselheiro”, informou.

Arthur Cunha Lima destacou também a correção do novo presidente da Assembleia, o deputado Ricardo Marcelo. “O Poder Legislativo vai estar em boas mãos, pois o deputado Ricardo Marcelo reúne todas as qualidades para realizar uma grande gestão a frente da Assembleia”, ressaltou.

O deputado Arthur Cunha Lima vai ocupar a vaga do conselheiro José Mariz, que pediu a aposentadoria compulsória. A decisão tomada pela Assembléia dever ser encaminhada no prazo de 15 dias ao Tribunal de Contas do Estado que, em seguida, irá agendar a data da posse do novo conselheiro.

A indicação do presidente da Casa já havia sido antecipada pelo Parlamentopb. Ontem à noite, ele reuniu seus aliados em um jantar e os apoiadores confirmaram o voto que seria dado hoje à tarde.

Com a saída de Arthur da presidência, quem permanece no comando do legislativo estadual é o vice, Ricardo Marcelo, que está no cargo desde segunda-feira, quando o tucano se desincompatibilizou para se preparar para o processo de sabatina e articulação de apoios.

Ainda por causa da saída de Arthur, quem assume a titularidade do mandato é Pedro Medeiros, que chorou ao tomar conhecimento do resultado da eleição. O suplente, Ricardo Barbosa, assume na vaga que antes era de Pedro.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.