Arquidiocese celebra 170 anos de devoção ao Divino Pai Eterno

No próximo dia 6 de novembro, a partir das 16h, haverá uma celebração na Praia de Tambaú (Busto de Tamandaré) pelos 170 anos de devoção ao Divino Pai Eterno. O encontro, que festeja a visita da imagem peregrina, terá programação musical e missa presidida pelo Pe. Robson de Oliveira (Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno).

A vinda da imagem peregrina faz parte de um cronograma de encontros realizados ao longo deste ano. A ação evangelizadora é uma iniciativa do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, que promove para a sociedade tardes de muita alegria, paz, amor e fraternidade.

A primeira visita aconteceu no mês de maio, em São Luís (MA) e reuniu 40 mil pessoas. No dia 13 de junho, a imagem foi para a cidade de Paulínia (SP) e cerca de 30 mil pessoas participaram da missa presidida pelo Pe. Robson. Também receberam a Missa em comemoração aos 170 anos de devoção ao Divino Pai Eterno as cidades de Recife e Brasília. Ainda este ano terá celebração em São José do Rio Preto (SP) e em Porto Alegre.

A Arquidiocese da Paraíba é parceira na divulgação e organização do evento.
 
História da Devoção:

A devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade (GO) completa 170 anos. A história narra que, por volta de 1840, um casal chamado Constantino e Ana Rosa Xavier encontrou, enquanto trabalhava na lavoura, um medalhão de barro de aproximadamente 8cm com a estampa da Santíssima Trindade coroando Nossa Senhora. Beijaram a imagem, levaram-na para casa e a notícia rapidamente se espalhou juntamente com a sucessão de milagres. Começou-se então a comemoração festiva com a novena que culmina sempre no dia da Grande Festa, no primeiro domingo do mês de julho.

Pe. Robson, membro da Congregação dos Missionários Redentoristas (o mesmo grupo que atua no Santuário de Aparecida-SP), é Reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno desde dezembro de 2003. Nasceu em Trindade no dia 26 de abril de 1974. Entrou para o Seminário aos 14 anos e se tornou sacerdote aos 24 anos. Depois de exercer dois anos de trabalhos na Pastoral de Vocações e na formação de jovens para a vida religiosa no Seminário, foi para a Irlanda e depois para Roma, onde fez seu mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano. Tem quase uma centena de artigos publicados falando sobre temas diversos e orientando para a vida ética e cristã. Ao voltar de Roma, sentiu a necessidade de fazer a devoção ao Divino Pai Eterno ser mais difundida e, por isso, conquistou espaços na televisão, onde transmite missas e novenas.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.