Apesar da CPI, Fofinho reassume presidência da Câmara de Bayeux

O vereador Fofinho (DEM), afastado temporariamente da condição de Presidente da Câmara, voltou a dirigir os trabalhos legislativos nesta quinta-feira, 20. Um requerimento da comissão parlamentar de inquérito que apura possíveis denúncias no Bolsa Família, foi assinado pela vereadora Célia Domiciano, presidente da CPI, José Eraldo(PSB), relator e Maria das Neves (PMDB), membro.

Os três assinaram requerimento que foi aprovado com unanimidade pelos vereadores solicitando a volta de Fofinho, por considera-lo isento de responsabilidade nas denuncias.

A CPI segue com a sua tramitação normal conforme Regimento Interno.

O caso – Luciene Andrade Gomes Martinho, esposa de Fofinho, estava cadastrada no Bolsa Família e recebia, em 2009, recursos do programa exclusivo à população em condição de pobreza. Dois filhos do vereador também recebiam. A denúncia foi feita pelo Parlamentopb no dia 6 de agosto do ano passado e, depois, acabou sendo repercutida pela imprensa da Paraíba.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.