André Gadelha admite que desavença familiar atrapalha candidatura

O deputado estadual André Gadelha (PMDB) admitiu hoje que sua candidatura a prefeito de Sousa pode não acontecer por causa de falta de consenso em sua família. Segundo ele, atualmente o nome mais forte para concorrer à sucessão municipal é o do ex-secretário Leonardo Gadelha (PSC):

– Não posso dizer que sou candidato sem ter o consenso familiar. Existem membros do grupo que eu represento e faço parte que também tem interesse em disputar a prefeitura. Nesse momento, existe essa desavença e eu não quero ser motivo de desavença no meu grupo familiar. Se existir um nome de consenso dentro do grupo eu estou pronto para ajudar. Vou votar em quem tiver melhor nas pesquisas e no consenso no grupo e partidos aliados em Sousa. Estou pronto para disputar e também para desistir e apoiar o nome de consenso. Pode ser o meu nome, o de Leonardo que é forte e abrange todos os laços familiares. O do nosso tio Renato Gadelha. Do primo Lafaiete, mas o nome mais forte é o de Leonardo, até pelo partido. Vamos esperar que nosso chefe político Marcondes Gadelha se posicione em relação ao candidato de Sousa.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.