Anastácio defende punição a petistas com cargos no Governo

Mafalda Moura
 
O deputado eleito do PT, Frei Anastácio disse hoje em entrevista ao Correio Debate da televisão que o seu partido continua na oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB). Para ele, a proposta do atual governo ainda não ficou clara, mas os petistas estariam firmes no contraponto à gestão socialista por obediência à resolução aprovada no último encontro partidário.
 
– O PT, na reunião de seu diretório aprovou uma resolução na qual decidiu ser oposição ao Governo do Estado. Ontem mesmo, tivemos reunião e a decisão foi de acatar a decisão da resolução e na Assembleia Legislativa ter uma posição de independência. Na Assembléia, seremos independentes. O que nos preocupa é que o governo Ricardo ainda não disse a que veio, ele continua criando mais preocupação à população. Essa questão da dispensa dos servidores está preocupando. O estado está em reboliço e deixa o servidor público em vexame.
 
O deputado acrescentou que aqueles integrantes do PT que insistirem em apoiar o projeto político do governador Ricardo Coutinho poderão ser punidos. Mas a decisão final será da executiva nacional. Ele se referia a alguns petistas que estão assumindo cargos no atual governo.
 
– Nós temos um grupo dissidente que não seguiu a orientação do partido. O PT fez uma aliança legítima com o PMDB, sendo vice-candidato ao governo, no caso do deputado Rodrigo Soares. Uma parte do PT não seguiu a orientação. São dissidentes e estão ocupando cargos no governo do estado. Eu tomei conhecimento que membros do partido e filiados entraram com representação contra essas pessoas do PT. É um direito. Qualquer um tem o direito de entrar com representação contra qualquer membro do partido e cabe à executiva acolher as representações e fazer os devidos encaminhamentos. Aquele que for para o diretório estadual vai ser encaminhado e o diretório avalia para só depois dar o veredicto.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.