Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

AMPB apresenta sugestões ao Corregedor Nacional do Ministério Público

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Levando em consideração a inspeção que o Conselho Nacional de Ministério Público realiza no Ministério Público Estadual da Paraíba, a Associação dos Magistrados da Paraíba apresentou, através de ofício encaminhado ao Corregedor Nacional do Ministério Público, Sandro José Neis, sugestões que visam aperfeiçoar a prestação de serviços do MP na Paraíba.
 
Um dos pontos levantados pela AMPB foi que o Conselho Nacional de Ministério Público, em conjunto com a Procuradoria Geral de Justiça, promova uma reavaliação da distribuição dos promotores públicos nas comarcas do Estado. “Uma vez que é evidente a ausência de promotores no interior do Estado, enquanto que há uma elevada concentração na Capital”, disse Antônio Silveira Neto, presidente da AMPB.

“Além disso, constata-se um desequilíbrio na fixação das atribuições dos membros do MP que muitas vezes desenvolvem atividades nas áreas Cível e da Fazenda Pública, todavia com carga de trabalho menor do que outros promotores com atribuições na área Criminal, por exemplo”, continuou Silveira.

A AMPB também observou que os promotores das curadorias, embora sejam responsáveis pelos inquéritos e procedimentos administrativos, não atuam na respectiva unidade judicial especializada, como por exemplo: o curador da Infância e Juventude não tem assento na Vara da Infância e não atua em processos judiciais. “Deste modo, sugerimos uma reavaliação com vistas a proporcionar maior eficiência do trabalho do Ministério Público”, informou o juiz Antônio Silveira.

“Em diversos mutirões promovidos pelo Tribunal de Justiça da Paraíba e Conselho Nacional de Justiça, identificamos a baixa participação do Ministério Público e seus respectivos promotores, de maneira que sugerimos maior integração do órgão ministerial com a Justiça, especialmente por ocasião dos mutirões e esforços concentrados, o que certamente trará maiores benefícios para a sociedade”, destacou o representante da magistratura paraibana.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

IMG-20240618-WA0138

Procon-JP encontra variações de até 246,43% nos preços das bebidas em supermercados

o-cantor-nattan-anuncia-a-estreia-do-evento-desman-1695331973

São João 2024 de Patos abre com show de Nattan nesta quarta

e4370692-55ce-4115-947a-1e584ab1b927

Semob-JP realiza esquema de trânsito e transporte durante São João da capital

65612db5-e6db-4224-b601-9d47282b0927

Aeroporto de Campina Grande terá casais quadrilheiros e trios de forró

WhatsApp Image 2024-06-19 at 17.17.41

Polícia Federal da Paraíba investiga circulação de cédulas falsas em Bayeux

ffraz_abr_20180922_1659

Vacinação contra Poliomielite é prorrogada em João Pessoa

Sedes_entrega-milho-04

Prefeitura de João Pessoa realiza entrega de milho verde para famílias em vulnerabilidade social

atlas

Paraíba é o estado com a terceira menor taxa de homicídios do Nordeste

https__img.migalhas.com.br__SL__gf_base__SL__empresas__SL__MIGA__SL__imagens__SL__2024__SL__06__SL__10__SL__08d945a5-c46d-4e3e-a3d0-b535cc2f010c.jpg._PROC_CP65

Município de Cabedelo deve pagar indenização a criança esquecida em ônibus escolar

elba

São João de João Pessoa traz Elba Ramalho na noite de abertura