Amorim quer que vereadores invistam no tratamento de dependentes químicos

O vereador Geraldo Amorim (PDT) lançou nesta uma proposta a todos os parlamentares da Câmara Municipal de João Pessoa. “Que todos disponibilizem um salário mínimo do subsídio que cada um recebe por mês para o tratamento de jovens dependentes químicos em comunidades terapêuticas”, desafiou.

Amorim lembrou que chegou a apresentar, ainda nessa legislatura, um projeto de lei, aprovado pela Casa e vetado pelo prefeito Ricardo Coutinho (PSB), que criava uma bolsa para ajudar financeiramente o tratamento de jovens com dependência química. “A lei foi vetada pelo prefeito, mas agora eu estou propondo que todos os vereadores ajudem, já que o Poder Público não contribui”, disse.

Ele informou que já vem disponibilizando, todo mês, uma pequena parte do seu salário de vereador para ajudar no tratamento de dois jovens que enfrentam problemas de saúde por conta da dependência química.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.