Ambulantes desbloqueiam ruas no Centro e prefeitura diz que ação para desocupar calçadas é permanente

Ambulantes desbloquearam no início da tarde desta quarta-feira (11) as ruas do Centro de João Pessoas, interditadas durante protesto da categoria contra a ação deflagrada hoje pela Prefeitura Municipal de João Pessoa de ocupação das calçadas do Centro para coibir a presença de ambulantes.

Em nota a PMJP disse que a ação iniciada hoje é permanente e tem como objetivo desocupar as calçadas das Avenidas Duque de Caxias, Visconde de Pelotas e Miguel Couto, desobstruindo o passeio público do pedestre e assegurando a acessibilidade no local.

Confira nota da PMJP:

Nota

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), esclarece que na semana passada, entregou um comunicado aos comerciantes e lojistas que estão ocupando de maneira irregular as calçadas na extensão que compreende o Shopping Terceirão, ao longo do viaduto, até a Caixa Econômica Federal. O documento informava que a partir desta terça-feira (11) não seria mais permitido o comércio irregular na área, diante disso, executamos desde às 4h desta quarta-feira (12) uma ação pacífica de ocupação. A ação foi coordenada pela Sedurb e contou com apoio da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e Polícia Militar.

O trabalho de hoje teve como objetivo desocupar as calçadas das Avenidas Duque de Caxias, Visconde de Pelotas e Miguel Couto, desobstruindo o passeio público do pedestre e assegurando a acessibilidade no local. A ocupação foi realizada logo cedo, para evitar confronto e apreensão de mercadoria, uma vez que não é esse o objetivo da Secretaria. Reiteramos que a comunicação foi feita não só para vendedores ambulantes, mas também para lojistas que estavam ocupando indevidamente a calçada. Esse trabalho iniciou hoje, mas é permanente e garante inclusive, a segurança pública na área, uma vez que a aglomeração de pessoas nas calçadas estava facilitando assaltos no Centro Histórico.

A Sedurb lembra que está à disposição da categoria para discutir caso a caso, a situação de cada um e encontrar uma alternativa que contemple esses trabalhadores, assim como estamos fazendo com os comerciantes que atuavam nas Avenidas Santo Elias e Santos Dumont. Estamos realizando os reparos necessários para que esses comerciantes sejam relocados para o prédio onde funcionava o Banco do Brasil no Mercado de Mangabeira.

Ambulantes desbloqueiam ruas no Centro e prefeitura diz que ação para desocupar calçadas é permanente

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.