ALPB aprova projeto que garante salários iguais para homens e mulheres na mesma função

As empresas que contratarem com o Governo do Estado deverão pagar salários iguais para homens e mulheres que exerceram a mesma função. O projeto de lei para garantir a igualdade de salários foi aprovado por unanimidade na última sessão ordinária de 2018 da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e é de autoria do deputado Renato Gadelha (PSC).

“Considero inadmissível que ainda presenciemos esse tipo de situação. Entendo que o poder público deve encontrar formas de corrigir essas distorções e este projeto vai neste sentido”, disse Gadelha.

O projeto prevê que empresas vencedoras de licitações, ou qualquer outro tipo de contratação por parte do Governo do Estado, paguem os mesmos salários independente do gênero.

Renato explica que a lei não altera o processo licitatório, “ela prevê que a partir do contrato a empresa, caso ainda não o faça, passe a contemplar homens e mulheres no mesmo cargo ou função com os mesmos salários”. O deputado lembra que “além do tema extremamente importante, o projeto teve aprovação unânime do Plenário. Espero que o Governador enxergue a relevância da medida e sancione a lei o quanto antes”, avaliou.

Balanço

Gadelha fez um balaço de sua atuação nos últimos quatro anos como deputado estadual. “Considero positivo o saldo do meu mandato. Atacamos pontos importantes, aprovei leis, iniciei discussões. Entendo que ainda há muito por fazer, mas saio desse primeiro mandato com a sensação de dever cumprido”.

Líder da oposição já no primeiro ano do primeiro mandato, titular de comissões importantes, protagonista de debates de interesse do Estado, Renato Gadelha sempre figurou entre os três parlamentares de maior destaque da Assembleia na avaliação da imprensa especializada em Política da Paraíba.

“Pautei o meu mandato sempre buscando o melhor para o nosso estado e para o nosso povo. Foram quatro anos de muito trabalho que não chegarão ao fim com a minha saída da Assembleia. Continuarei a trabalhar pela gente da Paraíba e a defender o que acredito”, finalizou Renato Gadelha.

ALPB aprova projeto que garante salários iguais para homens e mulheres na mesma função

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.