Aliado diz que Cássio não fez nada e se uniu a Santiago por conveniência

O candidato do PTC ao Senado Federal, Walter Brito, fez hoje um comentário desconcertante sobre a atuação de Cássio Cunha Lima, a quem apóia para o Governo do Estado. Em entrevista ao Tambaú Debate, da TV Tambaú, o empresário disse que o tucano nada fez pela Paraíba enquanto senador. Além disso, afirmou que a aliança firmada por Cássio com o PTB de Wilson Santiago foi marcada pelo interesse em arrebanhar o tempo de TV do partido.
 
"Nenhum dos três senadores fez nada pela Paraíba", disse Walter Brito, sendo questionado a respeito de Cássio, especificamente, a quem apóia para o Governo: "Ele é um senador de oposição e não consegue aprovar nada com o governo federal. Em termos de obras estruturantes, nenhum dos três fez nada mesmo. A verdade é para ser dita". Quando foi perguntando sobre a preferência de Cássio por Wilson Santiago, que figura como candidato a senador na chapa do PSDB, ele disparou: "Nem eu e nem Campina Grande perdoamos Santiago porque ele tirou um ano e meio do mandato de Cássio". Mais uma vez interrompido pela apresentadora, que ponderou ter havido o perdão do próprio Cássio, ele acrescentou: "Cássio só fez essa aliança por causa do tempo de televisão do PTB que é um partido maior que o meu. Mas, eu sou o candidato dele e tenho muita identificação com as propostas dele, assim como ele com as minhas. O que houve com Santiago foi uma articulação…". "O senhor quer dizer uma conveniência eleitoral?", questionou a apresentadora. "Sim. Foi uma conveniência", concordou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.