Aguinaldo Ribeiro e Eduardo Campos visitam obras em Pernambuco

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), disse ontem, durante visita às obras de mobilidade urbana em Recife, que as obras da Copa do Mundo de 2014 são mais que intervenções físicas, são um legado deixado para a população. "O motivo da nossa visita é avaliar como está o desenvolvimento das obras e poder solucionar possíveis entraves. Essas obras de mobilidade são para todos os pernambucanos, não são obras apenas para o evento da Copa do Mundo de 2014”, disse o ministro paraibano.
 
Acompanhado do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, Aguinaldo Ribeiro vistoriou as obras do Terminal de Integração Cosme Damião, em Camaragibe. O terminal de ônibus é integrado com a estação de metrô Cosme e Damião e será a porta de entrada da Arena Pernambuco, fazendo conexão com o metrô e o BRT do Corredor Caxangá- Leste/Oeste. No local, será construída uma estação de embarque e desembarque, com quatro escadas rolantes. “Estamos trabalhando em cidades acima de 250 mil habitantes, onde há problema de mobilidade urbana justamente para planejar o futuro. Tendo investimentos as cidades irão evitar os sofrimentos dos grandes centros”, afirmou o ministro que é vice-presidente do PP na Paraíba.
 
Durante a manhã, o ministro das Cidades também sobrevoou a capital pernambucana para ter uma dimensão das obras do Corredor Caxangá, que será a principal via de acesso do transporte público por ônibus à Arena Pernambucana. O corredor ligará a parte central do Recife ao BRT Ramal Cidade da Copa, o trecho mais importante para a funcionalidade do empreendimento como um todo.
 
As instalações da arena contam com um conjunto de obras que serão entregues acompanhadas de corredores exclusivos de ônibus (BRT), Veículo Leve sobre Trilho (VLT), além da expansão do metrô. “São obras que vão seguir uma lógica, inclusive de interligação de todos esses modais de VLT, BRT e transporte fluvial. Assim a cidade tem uma resposta de infraestrutura na área de mobilidade urbana”, destacou Aguinaldo Ribeiro.
 
De acordo com o ministro, as obras passam por entraves naturais como toda obra, mas estarão prontas antes da Copa. “Nós estamos fazendo uma avaliação em cada estado, vendo qual é a necessidade de avançarmos nesse calendário de obras”, afirmou.
 
O governador de Pernambuco disse que as obras de mobilidade urbana serão um avanço para o transporte público do estado. “São obras necessárias à população. A gente vai dar um salto no padrão de qualidade do transporte público", garantiu.
 
Antes da vistoria nas obras de mobilidade urbana, o ministro Aguinaldo Ribeiro esteve com o governador na sede provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.