Aguinaldo: Maranhão é maior beneficiário da candidatura de Cícero

O deputado estadual Aguinaldo Ribeiro (PP) voltou, hoje, a criticar a condição de pré-candidato ao Governo do senador Cícero Lucena (PSDB). Para ele, a postulação beneficiar a campanha à reeleição do governador José Maranhão (PMDB): "O maior beneficiário da candidatura de Cícero é Maranhão. Cícero divide a oposição e tem que entender que o que está em jogo é mais que um desejo pessoal. O que empata a decolagem de Cícero é que ele não tem votos", disparou.

Em sua análise, o deputado disse não considerar "traição" a possibilidade de Cássio Cunha Lima preterir Cícero e preferir ceder seu apoio a Ricardo Coutinho:  "É preciso se despojar das aspirações e paixões pessoais para entender que não deve haver enfrentamento entre Cássio e Cícero. Eles devem convergir para conseguir o mesmo objetivo, que é derrotar Maranhão".

Outro ponto comentado por Aguinaldo foi a clara animosidade existente entre Cícero Lucena e Ricardo Coutinho. Mas, para o parlamentar, as divergências, por maiores que sejam, podem ser contornadas: "Não existe isso de ser inimigo de Ricardo. Cícero tinha diferenças com Roberto Cavalcanti, mas já fez as pazes até com ele e tem uma relação boa de amizade com o senador. Por que não pode rever esse conceito com Ricardo Coutinho?", indagou.

Entre os motivos alegados por Aguinaldo para a baixa performance de Cícero nas pesquisas de opinião realizadas até agora na Paraíba ele citou o distanciamento do senador em relação a Campina Grande, que teria sido a cidade responsável pela eleição dele para o Senado, além de uma postura inicialmente amena adotada em relação ao governador José Maranhão, após a cassação de Cássio Cunha Lima:

"Campina Grande concedeu uma maioria expressiva à eleição de Cícero para o Senado. Depois de eleito, ele se distanciou da cidade. Depois, teve uma posição dúbia em relação ao governador que cassou o mandato de Cássio Cunha Lima. Isso não foi entendido pelo eleitorado", declarou Aguinaldo.

Indagado a respeito do posicionamento do líder do PSDB na Assembleia, João Gonçalves, também cobrado por um comportamento mais crítico em relação ao Governo, Aguinaldo respondeu: "João não é ambíguo. Ele é claramente a favor do Governo, já disse que vota a favor das matérias do Governo. Acho que é preciso ser assim: claro".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.