Aguinaldo admite ceder espaço na chapa para composição de Ricardo com PT

O deputado estadual Aguinaldo Ribeiro surpreendeu hoje durante entrevista à Rede Paraíba Sat ao admitir que seu partido, o PP, pode recuar na exigência de indicar um dos ocupantes da chapa majoritária de Ricardo Coutinho (PSB) caso o PT decida fazer parte do grupo de oposição. Mesmo alegando que seu partido, como aliado de primeira hora, teria a prerrogativa de emplacar um dos companheiros de chapa de Ricardo, Agnaldo ponderou:

– Pelos últimos acontecimentos, se o PT se aproximar da oposição, vamos ter que discutir internamente. Estamos na construção do vice que deve ser o melhor para essa chapa conseguir o resultado que deseja.

Ele ainda comentou a indefinição do PSDB e mesmo alegando que não gostaria de falar das crises de outras legendas, declarou:

– O PSDB está definido. Estive em Brasília e conversei com companheiros do PP de Pernambuco que são ligados ao senador Sérgio Guerra e eles confirmaram que já está passando do tempo de anunciar a decisão. Até o presidente do partido já perdeu o timing da saída.

Analisando o "timing" de seu companheiro de sigla, o ex-senador Ney Suassuna, Agnaldo disse:

– Ney é que deve falar e expor seu entendimento. No último encontrão, ele esboçou o desejo de ser candidato, mas dentro de uma conjuntura de todos os partidos de oposição. Nós aguardamos que ele se posicione sobre sua candidatura ao Senado ou sobre outra opção que não foi discutida com nosso partido. A suplência de Cássio passaria por uma discussão com o próprio Cássio. Nós não tratamos disso.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.