Agra reage a Luciano e diz que ex-aliado “cuspiu no prato que comeu”

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB), não escondeu hoje sua indignação com as recentes críticas feitas pelo deputado estadual Luciano Cartaxo (PT) sobre o processo de reeleição na capital paraibana. O petista considerou fraca a chapa com a qual o PSB vai concorrer à reeleição e acusou os interlocutores do prefeito de oferecerem a vice a qualquer um. Agra, contudo, reagiu às provocações com queixas sobre o comportamento do ex-líder do Governo na Câmara
Municipal:

– Esse é um discurso vazio. O político que disse isso construiu toda sua trajetória em cima de slogans, de frases de efeito que na prática não dizem nada. Eu não sou candidato a nada ainda. Se eu não sou candidato, como eu poderia fazer uma leilão com a chapa, algo que também não é minha prática. Isso é uma deselegância de um pretenso pré-candidato. Sabemos que por trás disso está um jogo de poder, está a CBTU, onde o irmão dele trabalha e que vai ser colocada à disposição do Estado por determinação da presidente da República. Então, tudo isso causa revolta do parlamentar. Não posso dar ouvidos a ele pela inoportunidade da abordagem. Isso é uma agressividade que não era comum ao nosso ex-líder na Câmara. Ou ele está esquecido disso? Ele está querendo cuspir no prato que comeu?

Cartaxo havia comentado as cotações de João Gonçalves e Luiz Couto para vice na chapa de Agra e dito que o PSB, através de vários interlocutores, estariam oferecendo a vice a vários partidos:

– Eles estão correndo atrás de Deus e do Diabo e mostrando a fragilidade da chapa do partido – comentou o deputado petista.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.