Agra aconselha Manoel Júnior a explicar financiamento de campanha

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB), lançou hoje o novo ciclo do Orçamento Democrático. Durante o café da manhã no Bessa Grill, o socialista enalteceu o papel da discussão popular no encaminhamento de obras da prefeitura, mas também falou de política e chamou de "aves de mau agouro" e "profetas do apocalipse" os críticos de sua gestão. Agra ainda alfinetou o deputado federal Manoel Júnior, um de seus principais adversários, ao aconselha-lo a explicar o financiamento de sua campanha:

– Eu não sou político. Sou um técnico. Sinceramente, quando se fala em fazer caravana eu digo que João Pessoa não é o Deserto de Gobi nem do Saara. Para se conhecer a cidade, basta estudar os indicadores sociais. Para o beduíno chefe da caravana, era bom que ele explicasse o financiamento da campanha dele.

Agra ainda comentou as queixas em relação ao Hospital Ortotrauma de Mangabeira, citadas pela inspeção realizada pelo Ministério Público. Segundo ele, um litro de álcool e a existência de sujeira em um equipamento teriam ocasionado as reclamações da Promotoria de Justiça da Saúde.

– O Trauminha é um equipamento com 500 leitos que é muito solicitado. Há 60 municípios que dependem da saúde pública de João Pessoa. Não será um litro de álcool e nem uma sujeira numa máquina que vão denegrir a imagem do Trauminha. Isso é miudeza.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.