Afagando oposição, Governo aprova Empreender e Paraíba Integrada

Uma manhã de paz aconteceu hoje na Assembleia Legislativa. Com a inclusão na pauta de votação das Medidas Provisórias criando os programas Empreender-PB e Paraíba Integrada, os deputados Anísio Maia e Frei Anastácio até criticaram os projetos, mas ambos foram aprovados sem maiores crises. Anastácio, em protesto à falta de regulamentação dos transportes alternativos, registrou sua abstenção ao programa que interliga os transportes municipais e oferece desconto de 50% na segunda passagem aos usuários dos ônibus paraibanos.

"Nenhum governador teve a coragem de regulamentar os transportes alternativos na Paraíba". Segundo ele, a preocupação dos governantes é em oferecer soluções para os empresários. "Por isso, eu não voto neste projeto", disse.

Em seguida, o deputado Anísio Maia criticou a falta de transparência na prestação de contas das empresas de ônibus da capital e disse que as planilhas deixam de lado itens importantes como o gasto com publicidade.

Pelo Governo, os deputados Hervázio Bezerra (PSDB) e João Gonçalves (PSDB) defenderam o projeto e seu alcance social: "Entendemos que há fragilidade em algumas linhas do interior, mas o problema se transformou numa bola de neve. Os alternativos quebraram algumas empresas e agora eles estão quebrando uns aos outros. É uma concorrência desleal porque eles não pagam impostos. O projeto beneficia a preocupação e ajuda as empresas que pagam impostos. Não tenho medo de discutir este tema de cabeça erguida", disse Hervázio.

Finalmente, com a aprovação das duas MPS, o líder do Governo na Casa de Epitácio Pessoa, Lindolfo Pires, agradeceu ao voto dos oposicionistas e ao comparecimento deles em uma sessão que antecede o feriado da Semana Santa. O líder do PMDB, Gervásio Filho, disse que o bloco adversário ao Governo se dispôs a ter uma postura responsável e aprovar os projetos que considera de interesse da sociedade.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.