Advogado do PSB acusa defesa de deputados de protelar julgamento

O advogado do PSB, Ricardo Sérvulo, demonstrou irritação hoje à noite depois de ver adiados os dois julgamentos em que representa o partido e pede os mandatos dos deputados Carlos Batinga e Guilherme Almeida, ambos atualmente filiados ao PSC. A demora na apreciação das ações por infidelidade partidária tem se dado por conta dos pedidos de vistas apresentados pelo corregedor Carlos Neves. O juiz demonstrou dúvida em relação à argumentação de decadência do prazo de citação do PSC, partido para o qual os dois parlamentares migraram, e decidiu analisar melhor o processo, prometendo seu voto para a próxima segunda-feira.

Em entrevista à imprensa, Sérvulo acusou a defesa dos deputados de tentar criar uma cortina de fumaça com a tese de decadência de prazo de notificação do PSC. Segundo ele, a sociedade cobra a celeridade no julgamento das ações de infidelidade partidária e os tribunais, inclusive o TSE, têm reforçado o entendimento de que o mandato pertence ao partido.

Apesar de sua insatisfação com a demora em ambos os casos, o advogado do PSB disse crer na vitória do partido quando chegar ao julgamento do mérito.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.