Adriano Galdino anuncia que vai construir nova sede da ALPB na BR 230

Um tema extremamente polêmico voltou à pauta da Assembleia Legislativa na manhã de hoje. O presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), anunciou que pretende construir um prédio na BR 230 vizinho à Promac para abrigar o plenário e os gabinetes dos deputados, além de um auditório. A obra está estimada em R$ 17 milhões e segundo o presidente não representará a saída do poder legislativo da Praça dos Três Poderes: “Vamos continuar com nosso prédio aqui no Centro, mas teremos uma economia mensal de R$ 70 mil ao entregar o prédio do Palace Hotel e do Centro Médico, por exemplo”, disse Galdino.

A medida foi criticada pelo deputado Jeová Campos que considerou inadequada a saída da Assembleia da Praça 1817. “Além de ser importante para o Centro de João Pessoa estarmos aqui, ainda temos que ter em mente que enfrentamos uma crise econômica rigorosa e esse investimento pode não ser compreendido pelo povo da Paraíba”, disse.

Camila Toscano, por outro lado, se posicionou a favor: “É uma medida necessária para atender as necessidades dos deputados e do funcionamento da Casa. E temos que ressaltar que o prédio da Assembleia continuará na Praça”.

Segundo Galdino, os setores que atualmente estão instalados no Paraíba Palace voltarão ao prédio sede.

3 comentários

  • José
    11:07

    Enquanto o país passa por uma crise, a Paraíba tem dinheiro público sobrando, pra gastar em outra assembleia legislativa, essa assembléia legislativa existe a muitos anos e sempre deu pra se fazer os trabalhos, hoje parece que não dá mais os parlamentares querem mais luxo, enquanto que a Paraíba tem outras coisas de mais necessidade pra fazer

  • Romeu Lemos
    11:07

    Deveria botar a Assembleia onde hoje é o DER, o prédio já está pronto. E o DER iria para o Parque de exposição que tem só um evento por ano.

  • Senia Feijó
    11:07

    Feliz demais por está iniciativa, nós que trabalhamos com os eventos desta casa sabemos quantas dificuldades encontramos com acomodações.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.