Acordo troca convocação de Scocuglia por desobstrução de votações

A manhã tem sido movimentada na Assembleia Legislativa. Depois da ocupação promovida por estudantes que protestaram contra a exoneração do diretor do Lyceu Paraibano, Abraão Carvalho, o líder do PMDB na Casa, Gervásio Filho, conseguiu ver aprovado seu requerimento para convocar o secretário de Educação, Afonso Scocuglia, para comparecer ao legislativo estadual com a finalidade de explicar os motivos da saída de Abraão do cargo. Ao falar sobre o assunto, Gervásio revelou ter havido um "acordo". Em seguida, os oposicionistas permaneceram no plenário para agilizar as votações, o que não acontecia há semanas.

A presença de Scocuglia ainda será agendada, mas deve se dar em até 20 dias.

Na pauta de hoje estão vários vetos do Governo do Estado a projetos elaborados pelos deputados. A maior expectativa, contudo, é para a apreciação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, cuja aprovação é indispensável para que os deputados entrem em recesso no dia 20 de junho.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.