Acordo permite Cagepa prorrogar contratos temporários

Em audiência realizada hoje de manhã no Ministério Público do Trabalho na Paraíba, que reuniu diretores da Cagepa eaprovados no último concurso, foi firmado Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) autorizando a empresa a prorrogar os contratos temporários de engenheiros e técnicos por no máximo doze meses, a contar de hoje. Os temporários serãosubstituídos por novos concursados.

A prorrogação se deu, segundo o procurador do Trabalho Cláudio Cordeiro Queiroga Gadelha, porque a empresa estáimpedida de contratar os aprovados no último concurso amplo realizado, que está sub judice por conta de uma ação popular.

O concurso para engenheiros e técnicos temporários, realizado anteriormente, tem seus primeiros contratos encerradosno próximo mês. Os últimos contratos terão validade até janeiro de 2010.

O Termo de Ajustamento de Conduta firmado foi assinado pelo presidente da Cagepa, Edísio Souto; e pelos diretores Alfredo Nogueira Filho (Administrativo-financeiro), Alberto Gomes Batista (Expansão) e Paulo José de Souto (Assessor da presidência).

O advogado dos concursados, Marcos Pires, esteve presente à audiência e assinou o TAC como testemunha.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.