Pastor Estevam

Pastor da Primeira Igreja Batista de João Pessoa. Pscicólogo clínico, escritor, conferencista motivacional. Casado com Dra Aurelineide, e pai de Thayse e André.


A grande batalha

O que é uma pessoa vitoriosa? Todos dizem hoje: “Vencer é preciso!” Transformam a existência numa grande batalha, numa competição cruel. Como que numa paranoia social, sentimo-nos rodeados de inimigos por todos os lados.

Na trajetória rumo à vitória, concorrentes é que não faltam. Muitos lutam contra tudo e contra todos. Há sempre alguém que precisam vencer e, às vezes, derrubar e destruir para sempre. Sua autoafirmação é construída à medida que os outros caem ao redor deles. Os outros passam a ser, necessariamente, uma ameaça, inimigos em potencial. Como diria o filósofo Sartre: “o inferno são os outros”. Tragicamente, o podium desses tem de ser erguido sobre escombros alheios.

Afinal, quem é o nosso maior rival? Nós mesmos, e não as outras pessoas! Vencer a si mesmo é o que faz de alguém uma pessoa vitoriosa. Passar na frente de alguém não significa fazer a melhor corrida. Na verdade, nossa grande batalha dá-se dentro de nós mesmos. É conosco que temos de lutar constantemente. Nossa maior ameaça não são os outros; é o nosso eu.

Não importa exatamente quantos troféus uma pessoa conquistou ao longo da sua vida. Ela estará na condição de derrotada se perder a batalha travada consigo mesma. Precisa, então, aprender lutar contra todos os inimigos ocultos que se alojam dentro dela. Não apenas lutar contra eles, mas derrotá-los também. Entre esses inimigos ocultos, estão o egoísmo, a falta de humildade, o complexo de superioridade ou inferioridade, o medo, a insegurança e a inveja e tantas outras forças negativas que são verdadeiros algozes.

Ironicamente, a nossa vitória sobre os outros se constitui um fator decisivo para que percamos a luta contra nós mesmos. Isso ocorre quando, ao vencermos alguém, deixamo-nos aprisionar por sentimentos como orgulho, arrogância, soberba e autossuficiência. Tais sentimentos, ao apropriarem-se da nossa alma, tornam-nos perdedores.

Vencedor é aquele que, com humildade, deseja aprender sempre mais e reconhece que precisa superar suas imperfeições; que não sobe na vida derrubando outros e não faz da sua verdade particular uma barreira para não reconhecer outras verdades. Vencedor é todo aquele que tem consciência de que ninguém basta a si mesmo e sabe que grande só há um: Deus!

Qual é, pois, a grande batalha da vida? É vencer a si mesmo. Quem consegue isto é um vencedor!

A grande batalha

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.