Dom Manoel Delson

Dom Manoel Delson cursou Filosofia e Teologia em Nova Veneza (SP) e no Instituto de Teologia da Universidade Católica de Salvador (BA). É licenciado em Letras e tem Mestrado em Ciência da Comunicação Social, em Roma, na Pontifícia Universidade Salesiana. É Arcebispo da Paraíba.


A Galileia dos pagãos é o mundo inteiro!

“O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz, e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz”. Daí em diante Jesus começou a pregar dizendo: ‘Convertei-vos, porque o Reino dos Céus está próximo.’ (Mt 4,16-17). Estas são palavras do Evangelho que expressam muito bem a missão de Jesus: salvar o homem das escuridões de todos os tempos! Existe dentro de cada um de nós uma Galileia dos pagãos que precisa conhecer o anúncio do Reino de Deus. Aquela, para os evangelistas, não é somente um lugar periférico da geografia palestina, ela também simboliza os corações humanos que necessitam conhecer o amor de Deus que ilumina e aquece.

Aos pagãos de todos os tempos foi anunciado uma boa nova: as trevas viram uma grande luz (Cf. Is 8,23 – 9,1). A luz de Cristo não conhece barreiras, sua pregação revela que o Reino de Deus está sempre próximo a quem se abre generosamente a Ele. Essa proximidade coloca-nos diante de uma exigência amorosa: a conversão. A conversão é sempre o primeiro momento de um grande chamado. O Senhor não só ilumina as nossas trevas, mas chama-nos para o serviço da Igreja no mundo: “’Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens’. Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram”(Mt 4,19-20). O chamado de Deus sempre comporta uma partida. Devemos deixar nossas seguranças e apoios, e na Palavra Dele, apoiar-nos se e construir um novo tempo em nossas vidas.

As nossas enfermidades nunca devem ser barreiras que impeçam o seguimento do Senhor. Se Ele nos chamou, Ele também nos dará a graça para segui-Lo, e muitas vezes, esse seguimento deverá ser imediato, sem meias palavras. Para o Papa Francisco, “Qualquer renúncia cristã só tem sentido à luz da alegria e da festa do encontro com Jesus Cristo.” O Reino de Deus é este encontro que alegra, é uma Pessoa: Jesus. E Ele está a nos chamar constantemente, chama-nos para o bom testemunho na família e nos ambientes de trabalhos. Que a Virgem Maria, a grande evangelizadora, nos ajude a compreender que o Evangelho sempre nos leva à missão!

Comentários