1º de maio na Paraíba tem carreata e doação de cestas básicas

Centrais Sindicais, a Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo, partidos políticos, Movimento Fora Bolsonaro Paraíba e os Movimentos Sociais estiveram nas redes e nas ruas para defender a vida, o emprego, a democracia, o ‘Fora, Bolsonaro’, e para praticar a solidariedade, com distribuição de cestas básicas e arrecadação online para ajudar a quem tem fome.

Na Paraíba, as organizações convocaram todos e todas a se juntarem à carreata do Trabalhador e da Trabalhadora que será realizada em João Pessoa. A concentração ocorreu às 8 horas, no Campo da Marquise, na Rua Avelino dos Santos, no Valentina.

A carreta seguiu rumo à Mangabeira em direção ao ponto final da linha 302, culminando em uma ação de solidariedade. A entidade pediu para que todos e todas usassem máscara, levassem álcool gel, respeitassem o distanciamento social e evitassem aglomeração.

Confira a convocação

1º DE MAIO DIA DE LUTA!

Basta desse governo genocida!

É nesse cenário catastrófico de um país sufocado com 400 mil mortos por Covid-19, e uma taxa de desemprego de quase 15% que o Brasil deve ser tornar o 14º país com maior taxa de desemprego do mundo em 2021.

Um pais de desempregados, desalentados e que está vendo a fome e a miséria bater a sua porta.

As Centrais Sindicais, a Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo, Partidos Políticos, Movimento Fora Bolsonaro Paraíba e os Movimentos Sociais, chamam todos e todas a se juntarem à carreata do Trabalhador e da Trabalhadora que será realizada nesse 1⁰ de Maio.

Dia: 01/05 (sábado)

Concentração a partir das 08h

Local: Campo da Marquise na Rua Avelino dos Santos, no Valentina.

Saída: 09h

• rumo à Mangabeira em direção ao ponto final da linha 302, culminando em uma ação de solidariedade •

Use máscara, leve álcool gel, respeite o distanciamento social e evite aglomeração.

Além da Paraíba, haverá ações em: Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso Do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande Do Norte, Santa Catarina e São Paulo.

 

 

 

 

Com informações do Brasil de Fato

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.